quinta-feira, 19 de junho de 2014

ACHEI QUE VIREI UM ROBÔ

Magda Farias

Quando os seus sentimentos ficam confusos
Você já não sabe o que sente se é Amor,
Carinho,admiração,respeito,tristeza,alegria
Saudade ou sei lá o quê!
Você se pergunta? o que está acontecendo...

Será que de humana virei um robô!
Quando às coisas acontecem e você
Não consegue definir se o que está
Sentindo é tristeza ou alegria,
Coragem ou fraqueza,

Robôs que foram feitos pelo homem
Não demonstram sentimentos ou emoções...
São alheios aos problemas sócias,
Questões raciais,
Ao individualismo da raça humana,

Será que talvez sejamos assim... como robôs!
Não! não posso ser um deles,
Tenho que voltar à sentir o que antes
Achava importante na vida...
Deixar à lágrima cair e sentir o coração
Bater mais forte...

Sentir! carinho,amor,saudade,tristeza
Alegria,sorrir,chorar,admiração,
Coragem e fraqueza.
Sentir-me grata...
pedi perdão e dizer eu te amo...

Bom! que eu só achei por um minuto,
Que tinha virado um deles
Agora vejo que não!
Foi só um breve momento de reflexão...
Ainda sinto! uma lágrima cair...


+
Postar um comentário